Sistema Gestor de Conferencias CIAEM, XIV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
A conceitualização de volume como grandeza à luz da teoria dos campos conceituais
Leonardo Bernardo Morais

Construir: UVM
Sala: F102
Fecha: 2015-05-04 16:00 – 16:20
Última modificación: 2015-04-13

Resumen


O presente artigo é um recorte de uma pesquisa de dissertação que investigou a abordagem da grandeza volume nos livros didáticos brasileiros de Matemática para o ensino médio. Usou-se como aporte teórico a teoria dos campos conceituais de Geràrd Vergnaud (1990) e o modelo teórico de quadros propostos por Règine Douady e Perrin-Glorian (1989) para a conceituação de área como grandeza. Neste artigo, analisaram-se os possíveis teoremas em ação passíveis de serem formulados pelos alunos diante das situações de comparação e de produção de volume elencadas nos livros didáticos analisados. Dentre os resultados, constatou-se que as situações de comparação e de produção possibilitam o desenvolvimento de estratégias variadas, bem como a formulação de teoremas em ação que conduzem a conceituação de volume como grandeza.

Palabras clave


Grandezas e medidas; ensino médio; livro didático; volume; teoria dos campos conceituais

Texto completo: PDF