Sistema Gestor de Conferencias CIAEM, XIV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
A probabilidade que a história nos conta
Ana Lucia Nogueira Junqueira

Construir: UVM
Sala: E102
Fecha: 2015-05-04 17:30 – 17:50
Última modificación: 2015-04-13

Resumen


Encontramos na literatura diferentes abordagens da probabilidade. Cotidianamente nos deparamos com as noções de acaso, incerteza e aleatoriedade, como também com crenças e concepções a elas relacionadas. Para melhor compreender essas noções e conceitos envolvidos no estudo da probabilidade faz-se necessário voltar o olhar para a história para perscrutar a origem e o percurso dessas ideias, bem como as motivações dos pensadores em cada época, os principais empecilhos, resistências ou dificuldades epistêmicas, objetivando evidenciar se algumas incompreensões dessas ainda se refletem em determinados níveis de conhecimento. Nessa direção, trata-se de um extrato da revisão de literatura de minha tese de doutorado no que tange à gênese e evolução histórica do conceito de probabilidade e ideias relacionadas, que muito elucidaram a pesquisa junto a um grupo de professores de matemática da educação básica, permitindo trabalhar as dificuldades que se evidenciaram, aqui apontadas aquelas da análise que se inserem nesse contexto.

 


Palabras clave


probabilidade, história, evolução conceitual, dificuldades epistemológicas.

Texto completo: PDF