Sistema Gestor de Conferencias CIAEM, XIV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
Discutindo a prática como componente curricular na formação inicial de professores de matemática
Roberto Preussler, Neiva Ignês Grando

Construir: UVM
Sala: G003
Fecha: 2015-05-04 16:30 – 16:50
Última modificación: 2015-04-13

Resumen


No Brasil as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) para as Licenciaturas, foram publicadas pelo Conselho Nacional de Educação/Conselho Pleno (CNE/CP) em 2001 e nutrem uma discussão sobre a Prática como Componente Curricular (PCC). Essa foi inserida no currículo de todas as Licenciaturas para formação inicial de professores e sua carga horária mínima ocupa aproximadamente 15% do total dos cursos. Nesta discussão apresentamos argumentos para pensar algumas questões relacionadas a prática pedagógica: (1) hipóteses que levam o CNE/CP a determinar 400 horas de PCC no currículo das licenciaturas; (2) como essa atividade é concebida e que ações são propostas pelos legisladores; (3) haveria possibilidade de um diálogo entre a proposta do CNE/CP com a proposta de educação de John Dewey, que concebe a educação como uma contínua reorganização da experiência educativa?


Palabras clave


Prática como Componente Curricular; Experiência educativa; Formação inicial de professores.

Texto completo: PDF