Sistema Gestor de Conferencias CIAEM, XIV Conferencia Interamericana de Educación Matemática

Por defecto: 
Uso de carta histórica para abordagem da Teoria de Grafos no Ensino Médio
Lauro Chagas e Sá, Sandra Aparecida Fraga da Silva

Construir: UVM
Sala: G105
Fecha: 2015-05-06 17:30 – 17:50
Última modificación: 2015-04-14

Resumen


Apresentamos, neste trabalho, uma abordagem inicial da Teoria de Grafos em duas turmas de segundo ano de Ensino Médio. Propomos, por meio de carta, a resolução de um desafio que adapta o Problema das Sete Pontes de Konisberg (1736) à disposição geográfica da Grande Vitória (Espírito Santo, Brasil). Nosso objetivo é analisar respostas dos alunos à carta das Pontes de Vitória, de modo a estabelecer relações entre estratégias de resolução de alunos e o do matemático Leonard Euler. Além da carta, foi utilizado um material didático próprio, elaborado à luz da Teoria do Jogo de Vozes e Ecos, de Paolo Boero e seu grupo. A partir da aplicação desse material, identificamos ecos produzidos por alunos durante a resolução das atividades propostas e apresentamos algumas contribuições da História da Matemática na abordagem da Teoria dos Grafos no Ensino Médio.

Palabras clave


Educação; Matemática; Matemática Discreta; Teoria de Grafos; História da Matemática; Leonard Euler, Ensino Médio